Início Histórias O verdadeiro criador do Pinhal de Leiria não foi D. Dinis?

O verdadeiro criador do Pinhal de Leiria não foi D. Dinis?

O Pinhal do Rei foi sempre conotado com D. Dinis e a maior parte das pessoas julga que foi este quem o plantou. Mas terá sido mesmo o Rei Lavrador?

1861
COMPARTILHE
O verdadeiro criador do Pinhal de Leiria não foi D. Dinis?
O verdadeiro criador do Pinhal de Leiria não foi D. Dinis?

O verdadeiro criador do Pinhal de Leiria não foi D. Dinis?

Então quem plantou o Pinhal do Rei?

D. Dinis
D. Dinis

O Pinhal do Rei foi sempre conotado com D. Dinis (1261-1325), sendo que a maior parte das pessoas julgam que foi este quem o plantou. Mas terá sido mesmo o Rei Lavrador?

D. Afonso III

Historiadores dizem que terá sido D. Afonso III (1210-1279), pai de D. Dinis, a proceder à sua plantação com o objetivo de proteger os campos agrícolas e o castelo.

Ao que parece, já existiria uma mata onde hoje é o Pinhal do Rei. Seria mais pequena e com outras espécies vegetais, mas lá estaria. São feitas referências a matas como a de Pataias desde os tempos de D. Afonso Henriques.

D. Sancho II
D. Sancho II

Argumenta-se, ainda hoje, que também não foi D. Afonso III a plantar o pinhal. Cartas régias asseguram que o autor foi D. Sancho II (1209-1248).

D. Dinis
D. Dinis

Contudo é de D. Dinis que se fala hoje em dia. Porquê? Bem, D. Dinis, apesar de não ter sido o semeador da mata original, mandou implementar o pinheiro bravo como sementeira principal.

Pinhal de Leiria
Pinhal de Leiria

Aumentou, igualmente, a área do pinhal para o que é atualmente e iniciou o ordenamento e gestão da floresta no nosso país. A mata e a sua flora foram melhoradas significativamente devido a este monarca pelo que ficou intimamente ligado a esta floresta e à região.

Pinheiro Bravo
Pinheiro Bravo

Diz-se, também, que D. Dinis procedeu à sementeira do pinheiro bravo com vista a fornecer madeira para a construção de navios. Apesar de a madeira ter sido usada para a construção de caravelas, é improvável que D. Dinis tenha pensado nisso na altura, uma vez que a época dos descobrimentos chegou bastante mais tarde. O objetivo seria, mais uma vez, a proteção dos terrenos agrícolas das areias vindas da costa.

Os historiadores ainda não chegaram a uma conclusão sobre o verdadeiro criador da mata nacional de Leiria, mas é certo dizer que não foi D. Dinis e certamente não foi a partir do regaço da Rainha Santa Isabel que caiu o penisco dos pinheiros bravos da Gasconha como conta a lenda.

De qualquer modo, temos muito a agradecer ao “Rei Lavrador” pela bela floresta que temos.

(cont.)

1 COMENTÁRIO

  1. A Imagem “Lenda da Sementeira do Punhal do Rei” representa pinhas duma resinosa que não é o pinheiro bravo e nem sequer é um pinheiro.
    Esta incorrecção grosseira descredibiliza este(s) textos. Precisa de ser emendada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here