Início Histórias O significado das expressões típicas de Braga

O significado das expressões típicas de Braga

"Ver Braga por um canudo", "Mais velho que a Sé de Braga", "Mandar abaixo de Braga" ou "És de Braga?" O significado das expressões típicas de Braga.

948
COMPARTILHE
O significado das expressões típicas de Braga
O significado das expressões típicas de Braga

O significado das expressões típicas de Braga

Bom Jesus

Língua Portuguesa é fértil em expressões populares ou idiomáticas. Braga, em concreto, tem servido de inspiração para algumas delas.

Neste artigo, encontra-se a explicação das expressões típicas de Braga ou, de forma mais rigorosa, das expressões cujo nome de Braga é referido porque, em boa verdade, as expressões são utilizadas em todo o território nacional.

“Ver Braga por um canudo”

Monócolo do Bom Jesus

A expressão foi imortalizada pelo intemporal Rafael Bordalo Pinheiro – criador, entre outras coisas, da caricatura do Zé Povinho – no álbum de caricaturas António Maria.

A expressão deriva do telescópio localizado no Bom Jesus que permite observar a cidade. Tem como significado “morrer na praia”, ver as expectativas frustradas, ficar perto de um objetivo mas não conseguir atingi-lo.

Monócolo do Bom Jesus

Uma das explicações mais aceites para esse significado tem a ver com o nevoeiro que, com alguma frequência, se faz sentir no Bom Jesus e que impede uma observação límpida da cidade.

Monócolo do Bom Jesus

Outra explicação possível pode dever-se à “proximidade” enganadora que o próprio canudo produz: o sentimento do “quase” estar na cidade mas não estar.

“Mandar abaixo de Braga”

Arco da Porta Nova

Se já foi mandado abaixo de Braga e não sabe o significado da expressão, é melhor não ler as linhas seguintes.

A expressão estará diretamente ligada ao campo das hortas, perto do Arco da Porta Nova e imediatamente fora das antigas muralhas da cidade.

Arco da Porta Nova

Como se encontra num nível mais baixo relativamente à cidade – isto é, “abaixo de Braga” –, acabaria por levar com as águas residuais e dejetos, tornando-se num local pouco agradável de se estar.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here