Início Histórias Estas 40 previsões tanto falharam que fazem rir

Estas 40 previsões tanto falharam que fazem rir

As 40 previsões não saíram furadas nem ao lado. Saíram fora de órbita, completamente trespassadas pela espada do tempo. E é isso que as torna hilariantes.

731
COMPARTILHE
Estas 40 previsões tanto falharam que fazem rir
Estas 40 previsões tanto falharam que fazem rir

Estas 40 previsões tanto falharam que fazem rir

João Pinto

O antigo capitão do Futebol Clube do Porto, João Pinto, não ficou na memória dos portugueses pelos extraordinários dotes futebolísticos — tinha pulmão e raça — mas antes por uma série de tiradas humorísticas involuntárias (leia-se gaffes) que ainda hoje são reproduzidas sempre que a ocasião exige ou permite.

Exemplos? Chutar com pé que se tem mais à mão, dar um passo em frente à beira do precipício ou, a rainha de todas elas, fazer prognósticos só no fim do jogo. Fixemo-nos nesta última.

A prudência que levou o incansável campeão europeu de 1987 a responder dessa forma a um jornalista que lhe pedia o palpite para determinada partida foi boa conselheira. Tivessem outros seguido o seu exemplo e este artigo não teria razões para existir, muito menos para ser lido.

As 40 previsões (em baixo) não saíram furadas nem ao lado. Saíram fora de órbita, completamente trespassadas pela espada do tempo. E é precisamente isso que as torna hilariantes.

01

Getty Images

“Não gostamos do som deles. Grupos com guitarras estão a sair de cena”. Foi esta a justificação da Decca Records para rejeitar assinar com os Beatles em 1962.

02

Getty Images

Em abril de 2007, o então CEO da Microsoft, Steve Ballmer, afirmou: “O iPhone não tem hipóteses de conquistar uma quota de mercado significativa. Não tem mesmo.”

03

DR

Harry Warner, um dos fundadores da Warner Brothers, não se deixou convencer facilmente pelos filmes com som. “Quem é que raio quer ouvir os atores falar?”, perguntava em 1927.

04

Phil McIver / Flickr

O suplemento do Correio da Manhã de 16 de maio de 1982 vaticinava que “como as casas vão diminuindo de tamanho, os piriquitos e canários tornam-se os únicos animais de companhia”.

05

Getty Images

Em 1932, Albert Einstein considerava não haver “a menor evidência” que a energia nuclear viesse algum dia a ser obtida. Poucos anos depois, mudaria de opinião.

06

Possan / Flickr

“Não há razões para alguém querer ter um computador em casa”. Ken Olsen, presidente da Digital Equipment Corp, disse isto em 1977.

07

WikiMedia

“Os telemóveis nunca irão substituir os sistemas com fio”. As palavras de Marty Cooper, então diretor do departamento de pesquisa da Motorola, datam de 1981. E, como se sabe, não demoraram a ficar datadas.

08

Getty Images

As razões que levaram a United Artists a rejeitar o então ator Ronald Reagan para um dos papéis principal em “Os Candidatos” (1964) são deliciosas: “Não tem aquele ar presidencial”, diziam.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here