Início Histórias Dr. Bayard: o nome é francês, os rebuçados são da Amadora

Dr. Bayard: o nome é francês, os rebuçados são da Amadora

Os peitorais mais famosos do país são rebuçados e levam o carimbo da Dr. Bayard. Entrámos na fábrica da marca que chega a produzir 800 mil por dia.

14160
COMPARTILHE

_

06

© Jorge Vieira

Nessa altura o que se vê é uma espécie de rebuçado mole e gigante.

07

© Jorge Vieira

Para começar a ganhar a forma final, a massa passa para uma máquina em forma de cone onde vai afunilando…

08

© Jorge Vieira

…e ficando cada vez mais fininha…

09

© Jorge Vieira

…até ser cortada já com o tamanho final dos rebuçados e carimbada com o logótipo da marca.

10

© Jorge Vieira

“Este é o tapete onde os rebuçados acontecem e de onde já saem duros”, resume Daniel Matias, neto do fundador.

11

© Jorge Vieira

Claro que ainda falta embrulhar.

12

© Jorge Vieira

Numa máquina, o papel é cortado à medida e envolvido nos rebuçados. É tudo muito rápido. Ao todo, três máquinas embrulham mil rebuçados por minuto.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here