Início Tradições Bolo-Rei: história e receita caseira

Bolo-Rei: história e receita caseira

Sabia que o Bolo-Rei já tem perto de 2 mil anos? Bom, pelo menos na origem… Conheça a história do Bolo-Rei e aproveite também para saber a receita.

3967
COMPARTILHE

_

Representação das Saturnalias por Antoine-François Callet em 1783 (col. Museu do Louvre, Paris)

Pondo de parte os mitos, e procurando uma explicação mais científica, os registos antigos demonstram que os romanos usavam as favas para a prática inserida nos banquetes das Saturnália, durante os quais se procedia à eleição do Rei da Festa, também designado Rei da Fava, porque era escolhido usando favas para tirar à sorte.

Comemoração popular do Dia de Reis no século XVII com bolo-rei

Terá sido a Igreja Católica a relacionar este jogo, característico do mês de Dezembro, com a Natividade e, depois, também com a Epifania (os dias entre 25 de Dezembro e 6 de Janeiro).

Famoso quadro intitulado Gateau des Rois de Jean-Baptiste Greuze de 1774

Esta última data acabou por ser designada pela Igreja como Dia de Reis, do qual ainda hoje em Espanha se mantém a tradição para a oferta dos presentes às crianças, em vez do dia 24 ou 25 de Dezembro, como é costume em Portugal.

Em tempos idos havia ainda uma outra tradição, a de que os cristãos deveriam comer 12 bolos-rei, entre o Natal e os Reis, festa celebrada na corte dos reis de França.

Rei Luís XIV da França 1638 – 1715

É daí, de França, que surgem as primeiras evidências do uso do Bolo-Rei, da corte de Luís XIV. Vários escritores escrevem sobre ele, e Greuze celebrou-o num quadro, exatamente com o nome de Gâteau des Rois.

Curiosamente, devido ao nome e à conotação com a realeza, o Bolo-Rei foi proibido após a Revolução Francesa, em 1789, tendo os pasteleiros mudado o nome do bolo para poderem continuar a confecioná-lo.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here