Início Histórias 5 episódios da História de Portugal que não aconteceram bem assim

5 episódios da História de Portugal que não aconteceram bem assim

O Milagre das Rosas nunca existiu e o Infante Santo nunca o foi nem o quis ser. Conheça 5 episódios da História de Portugal que não aconteceram bem assim.

1598
COMPARTILHE

2- D. Fernando, o Infante Santo que afinal nunca o foi nem o quis ser

5 episódios da História de Portugal que não aconteceram bem assim
Fernando, o Infante Santo, Padrão dos Descobrimentos

O oitavo filho de D. João I e de D. Filipa de Lencastre ganhou o cognome de Infante Santo, supostamente por se ter entregado como mártir às mãos dos árabes após uma tentativa falhada de conquista da praça de Tânger: um exército chefiado pelo irmão, o infante D. Henrique, o Navegador, fora derrotado e os árabes exigiam a entrega de Ceuta para poderem aceitar as tréguas com os portugueses e soltar os prisioneiros.

5 episódios da História de Portugal que não aconteceram bem assimComo garantia do acordo, ficou o infante D. Fernando. Enquanto, no reino de Portugal, uns exigiam a devolução imediata de Ceuta e outros a recusavam, D. Fernando sofria no cativeiro e escrevia cartas aos irmãos, – o rei D. Duarte e o infante D. Henrique, o principal causador do problema – pedindo que entregasse Ceuta e o resgatassem. O impasse arrastou-se e D. Fernando acabou por morrer no cativeiro.

5 episódios da História de Portugal que não aconteceram bem assim
Fernando, o Infante Santo, Padrão dos Descobrimentos

D. Fernando não se entregou, pois, voluntariamente, antes exigiu, em vão, que o resgatassem. A imagem de um infante que se entregava de bom grado ao sacrifício do cativeiro, rejeitando o resgate, qual mártir, foi criada pelo seu primeiro biógrafo, que escrevia a mando do infante D. Henrique, e não passava de uma forma de este se desculpabilizar pelo terrível ato de deixar o irmão morrer às mãos dos infiéis.

1
2
3
4
5
COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here