Início Cultura 5 de Outubro: A Implantação da República

5 de Outubro: A Implantação da República

A história da implantação da República. Um novo partido, que surge no séc XIX, aproveita o descontentamento e, através de uma revolta, instaura a República.

447
COMPARTILHE

O Partido Republicano

Os republicanos achavam que à frente do País não devia estar um rei, o qual nem sempre tinha as capacidades necessárias para o cargo, mas sim um presidente eleito pelos Portugueses e que governasse só durante alguns anos. Consideravam, portanto, que a forma de governo do País tinha de ser alterada. A monarquia devia ser substituída por uma república.

A ação do Partido Republicano

O 31 de Janeiro de 1891

Em 31 de Janeiro de 1891 deu-se, no Porto, a primeira revolta armada contra a monarquia. A guarda municipal, fiel à monarquia, venceu os revoltosos. O número de mortos foi grande.

O Regicídio

No dia 1 de fevereiro de 1908, em Lisboa, dá-se um atentado contra a família real. São mortos o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro, D. Luís Filipe.

Com a morte de D. Carlos e do príncipe herdeiro, Luís Filipe, foi aclamado rei D. Manuel II, que tinha apenas 18 anos.

A Revolução Republicana

1. Bombardeamento do Palácio Real pelos republicanos.
2. Fuga do rei D. Manuel II para Inglaterra.
3. Prisão dos padres jesuítas pelos republicanos.
4. Barricadas republicanas na Rotunda.
5. Desembarque da marinha no Terreiro do Paço.
6. Proclamação da República na Câmara Municipal.
7. Visita do Governo Provisório aos revolucionários acampados na Rotunda.

Na manhã de 5 de Outubro de 1910, José Relvas e outros membros do diretório do Partido Republicano Português, à varanda da Câmara Municipal de Lisboa e perante milhares de pessoas, proclamaram a República.

1
2
3
COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here