Início Cultura 300 expressões que só um alentejano entende

300 expressões que só um alentejano entende

Terra de gente com muita alma e... com muitas peculiaridades. Descubra 300 expressões que só um alentejano entende.

54482
COMPARTILHE
Alentejo
Alentejo

Terra de fortes tradições e de gente com muita alma dentro, o Alentejo tem ainda um número infindável de expressões típicas. Algumas delas acabaram, com o tempo, por se generalizar e são hoje usadas em todo o país, embora a sua origem continue a ser marcadamente alentejana. Divirta-se com a lista e dê-nos a conhecer mais algumas que você conheça!

A

Abusou da rapariga = Teve relações sexuais com a rapariga e deixou-a
A dormir e a caçar ratos = Diz-se de que finge dormir
A dar as ultimas = Dar os últimos sinais de vida
Ajunto de pessoas = Muita gente junta
A feria/receber a feria = Receber o vencimento/ordenado
Agarrei nos quatro arrátes = Pus-me a caminho
Agarrei em mim = Decidi ir a qualquer lado
Água-chilra = Bebida fraca
Ainda bem não = De vez em quando
Ainda não bateu por aqui = Ainda aqui não apareceu
Ainda rompe meias solas = Mulher madura atraente
Alcará Maria = Expressão de desagrado/exclamação
Amigo de Fulana (o) = Amante de fulana (o)
Anda arredio = Anda desviado/isolado
Amolar o próximo = Tramar o próximo
A modes que = Parece que
Anda aluada= Anda com o cio
Anda de trombas = Anda Zangado
Anda numa tráita = Anda habituado
Andar aos caídos = Andar à mercê  de esmolas
Andar à cata da rolha = Andar à procura dum objecto
Andar à unha= Andar à briga
Andar à malta = Andar à revelia
Andar mal achado = Andar adoentado
Andar com a mosca = Andar arredio/Zangado
Andar com o benfica = Andar menstruada
Andar à pendura = Esperar que alguém pague por ele
Andar numa fona = Andar atarefado
Andar inchado = Andar vaidoso /gordo
Animal traçado = Mestiço/origem de duas raças
Apanhou um ralo = Apanhou uma inquietação
Apanhou um escalda rabos = Assustou-se bastante
Apanhar a lebre = Quando alguém cai
Apára cristas = Pára Quedistas
À paz das tantas = À páginas tantas
Armou uma tourada = Provocou desacatos
Armou um escabeche = Armou grande confusão
Arranjou uma titaráda = Arranjou problemas/confusão
Arranjou lenha para se quemár = Prejudicou-se a ele próprio involuntariamente
Arrebenta bois = Tubérculo não comestível
Arreganhar os dentes = Mostrar-se zangado
Assentou-me mal = Não gostei do que me foi dito
Às tantas nã sabe ler = provavelmente não sabe ler
Assobia-lhe às botas = Deixou fugir algo sem o conseguir apanhar
Atirar gafanhotos para cima= Quando alguém fala e cospe ao mesmo tempo
À ultima hora retratou-se = Desistiu do compromisso no ultimo momento
À vara larga – À solta/sem limitação

Barriga de almece = Barriga grande/comilão
Bater o almoço/jantar =Almoçar/jantar
Bater uma sorna = Dormir a sesta
Bátega de água = Chuvada forte
Bem esgalhado = Bem feito/jeitoso
Bem falante = Educado/que fala bem
Berra com sal = Muito salgado
Boca do corpo= Vagina
Boia de carne = Pedaço de toucinho ou de enchidos de porco
Borregas nas mãos (pés) = Bolhas
Borregos do almece = Requeijão do atabefe

C

Cabras nas pernas = Manchas avermelhadas
Cada cabeça sua sentença= Cada pessoa com opinião diferente
Cheio de nove horas = Cheio de manias/miudinho
Cagou-se nisto ou naquilo = Desistiu de fazer algo
Cagar postas de pescada = Opinar sem fundamento
Chorar de rijo = chorar com força/alto
Chorar sobre o leite derramado = Lamentar-se por algo que não é recuperável
Chover a cântaros = Chover torrencialmente
Cai daí abaixo = Cai na patetice de
Cair de pantanas = Cair desamparado
Caíu ali = Foi ali parar inesperadamente
Caíu-se com = Atirou-se a algo
Cravou comigo no chão = Atirou comigo ao chão
Criança rabina = Criança traquinas
Campo da bola = Estádio de futebol
Céu cavado = Astro, com pequenos e muitos castelos de nuvens
Com fósquinhas = Hesitante/cerimonioso
Compor a casa = Decorar/arranjar a casa
Corela da avó = Expressão de desagrado
Corta Línguas = Tradutor

D

Dá-me um cadinho = Dá-me um pedacinho
Daquem nada = Daqui a pouco
Dar de corpo = Ir ao WC
Dar o dito por não dito = Faltar ao combinado
Dar à sola = Fugir
Dar o cigarro = Curto descanso aos trabalhadores
Dar a salvação = Dar os bons dias
Dar um passou bem = Dar um aperto de mão
Dar fulano (a) a alguém = Insinuar como namorado (a)
Dar pano para mangas = Dar muito que falar
Dar boas águas = Dar esperança de melhoras
Dar de si = ceder
Dar o risco = Orientar/mandar fazer
Dar vazão = Desimpedir/ fluidez duma tarefa
De má raça= Ruim
De  má mente = de má vontade
De nariz empinado = Vaidoso/ impostor
Deu-me uma guinada = senti uma dor aguda
Debotar = Desbotar/mudar de cor
Dedo maminho = Dedo mínimo
Desapareceu do mapa = Deixou de ser visto
Descabeçar um cadinho = Fazer um sesta ligeira
Detari gafanhotos = Cuspir para cima de alguém involuntariamente
Detari a galinha = Meter a galinha no choco
Deta-se com as galinhas = Deita-se muito cedo
Detari água na fervura = Apaziguar/ moderar discussão
De boa catadura = Bem disposta (o)
De má mente = Contrariado
Deu uma grande cabeçada = Foi mal sucedido nas suas opções/mudança
Dia aziado = Dia aziago/ mau presságio
Disse um ageneira = Disse um palavrão
Dizer uma alhada = Dizer um palavrão/caralhada
Dormir na forma =Não cumprir uma tarefa
Dubar a lã = Formar em novelo

E

É do catano = É tramado/ imprevisível
É mouco que nem uma porta= É muito surdo
Em jum = Em jejum
É uma grande pensão cuidar de = É um grande encargo
Então e daí ? = Qual é o problema?
Enfernizar a vida = dar cabo da vida/ por a vida num inferno
Estamos cagádos = Estamos tramados
Está em pulgas = Está ansioso
Estar enterado = Estar informado
Está cá um briól/frialdade = Está muito frio
Está cagando para ele/ela = Ex : Amor não correspondido
Está com as trazentas = Está zangado
Está capaz doutra = Está recuperado de uma maleita
Está com po péis para a cova = Está velho debilitado/ a morrer~
Está com a corda nas goelas = Está aflito/ com dívidas
Está enuverado/enfarruscado= Céu nublado
Está para qualquer dia = Está prestes a parir
Estar a mal com alguém = Estar de relações cortadas
Estrapaciou tudo o que tinha = Esbanjou/destruiu
Estorrou o dinheiro todo =  Gastou o dinheiro todo
Estorrina do calor = Hora do maior calor

F

Fala pelo cotovelos = Tagarela/ muito falador
Fazer Farnhera = Impotência do homem para o acto sexual
Fazer ronha= Demorar a executar uma tarefa
Fazer um casamento = Misturar passas de figo com nozes ou amêndoas e comer.
Fazer o pézinho = Fazer o acabamento de pinturas junto ao solo
Fez tirnta por uma linha= Fez o que quis sem regras
Foi enxógado = Levou tareia
Foi malhado = Levou porrada
Filho dum real cabrão = Ofensa verbal mais grave
Fizeram uma grande estouraria= Fizeram grande algazarra
Poupar dinheiro = Amealhar/poupar
Fulano é rabicho = É maricas

G

Galo na cabeça = Hematoma
Galar a melancia = Fazer um orifício para ver se está madura
Gotêra na cabeça = Hematoma
Grande lesma = fraco/lento

I

Ir embora = Abalar
Inda tás aí = Ainda aí estás
Inda agora = Há pouco tempo
Inda mal chegou = Acabou de chegar
Inda nã pinta = Ainda não tem pelos púbicos
Inda tem os três vinteis = Ainda é virgem
Ir a corta mato = Ir por atalhos
Ir à da minha (meu) familiar = Ir visitar a tia, prima etc.

J

Já vens a dar fé = Já vens feito curioso
Jesus Marizéi = Santinho/quando alguém espirra

Largar algo = Deixar/ abandonar
Lavar os olhos = Ver alguém de quem se gosta
Leva uma desanda = leva um correctivo
Levar uma desanda = Levar repreensão
Levar uma boga/piza /fuerada /semanta = Levar tareia
Levas uma lamparina = Levas uma bofetada
Levas uma galheta=       ”          ”         ”
Levou uma pastilha = Foi multado
Linda de propriedade = Extrema /limite

M

Mal tomado = Zangado
Matar o bicho = Tomar a primeira bebida alcoólica do dia
Meia arráte = Meio arrátel /500 gr (moeda antiga)
Metêsse na cabeça = Cismou
Meter botas à ribeira =Aventurar-se a fazer algo
Meteu-se numa alhada = Meteu-se em problemas
Munta família = Muita gente na família
Munto povo = Muita gente

N

Nã sabe patavina = Não sabe nada
Nã diz coisa com coisa = Está baralhado nas ideias
Nã há viválma por aqui = Não há ninguém por aqui
Nã dá mão = Não obedece
Nã é boa rêz = Não é de confiança
Nã dá rego= Mal se pode mexer/adoentado
Nã le fazem o ninho atrás da orelha = Ninguém o engana
Nã me tá dado = Não fica bem eu fazer determinada acção
Nã pode com uma gata po rabo = Não tem força nenhuma/muito fraco
Nã sei se ele lá tará  = Não sei se ele lá estará
Nã tô prá ai virado = Não tenho a mesma opinião
Nã te enteráste = Não te apercebeste
Nã te rales = Não te incomodes
Nã te hêde dezer = Não te hei-de dizer
Nã me caiem os parentes ( testiculos) na lama = Quando o homem desempenha tarefa de mulher
Nã tem talho nem maravalho = Coisa sem o minimo de perfeição
Nã tem tacto nenhum = Não tem juizo *
Nã quer as sopas = Quando o objecto dificulta a execução da tarefa
Nã vale um pedo dum cigano = Não vale nada/inútil
Nasceu ralo = Nasceu com muitas falhas

O

Ó Aik = Abalar à pressa/fugir
O amola tesouras se vem de botas é prenúncio de chuva
O animal fica pensado = O animal fica alimentado/cuidado
Ó diácho = Expresão de exclamação / Ó diabo
O dinheiro dele é fêmea = Diz-se de quem aparenta ter muito dinheiro sem razão óbvia
Odio final = Ódio máximo em relação a alguém
Olhar por algo  = Tomar conta de
Olhe lá = Veja bem/ Olhe cá
Osso da espinha = Espinha dorsal

P

Parece um cão sem dono = Homem sem eira nem beira/desprezado
Parrera de enchidos= Conjunto de paus com enchidos no fumeiro
Passou à roda de mim = Passou ao pé de mim
Passou o ar por fulano (a) = Teve um AVC
Passar pelas brasas = Adormecer por breves momentos
Pelam-se por qualquer coisa =Adoram essa coisa
Pôr-se à cóca = Ficar atento
Pôr-se na retranca = Esperar que os outros façam
Pôr-se na alheta = Fugir
Pessoa fina = Pessoa culta
Por mode = Por causa de
Prantar quéto = Estar quieto
Pregar um susto = Assustar alguém
Porrada de água = Bátega de água
Púzia no lugar = Coloquei -a no lugar
Quita = Desanda/vai embora

R

Rebocada do patrão =Rabecada/ Repreensão
Rais te parta = Raios te parta/ Indignação referente a
Raspou-se daqui = Foi embora à pressa
Raspei munto frio = Apanhei um grande frio
Renta-te nisso = Não queiras saber de/abandona
Rogar uma praga = Desejar mal a alguém

S

Sacudir a água do capote = Fugir às responsabilidades
São mais que muntos = São muitíssimos
Se bem calha = Provavelmente
Se calhar = Talvez Somos da mesma camada = Somos da mesma geração
Se te desse creto = Se te desse aval/ liberdade para fazer algo
Soube por portas travessa = Tomou conhecimento através de terceiros
Sem resgo = Rapariga sem pretendentes
Sem talho nem maravalho = Sem ponta por onde se pegue/desajeitado

T

Tá/Tamos/Tou = Está/Estamos/Estou
Tamos cagádos = Expressão quando algo corre mal
Tá com o cu às bufas = Está cheio de medo
Tá buzio = Está embaciado
Tá aqui tá lá = Não tarda a chegar
Tá bem tratado = Está bem alimentado/cuidado
Tá-se cagando para = Não faz caso de/não dá importância
Tá-se a vir = Atingir o orgasmo
Tá vendo = está vendo
Tá lixado = Está tramado
Tá feto mariola = Está feito brincalhão/maroto
Tejela de fogo = Recipiente de barro onde se faz a comida
Ter boa cabeça = Ter boa memória/estudioso
Ter uma pensão = Ter responsabilidade de cuidar de
Teve um grande ralo = Teve uma grande inquietação
Tem bichos carpinteiros = Não pára quieto/traquinas
Tem o diabo no corpo = Pessoa irrequieta/ruim
Tem lidação com alguém = Tem confiança/intimidade com alguém
Tem uma grande rinha a fulano = Tem um grande ódio a fulano
Ter uma moinha = Ter uma leve dor
Tem muito génio = Pessoa temperamental
Tem uma doença ruim = Tem um cancro
Tem estilo = Sabe cantar/ vós melodiosa
Tem pelo nas ventas = Pessoa difícil e austera
Tem tádo mal = Tem estado mal
Tem tosse de cão = Tem tosse seca
Ter um rei na barriga = Pessoa sobranceira
Ter rinha a alguém = Ter ódio
Ter o coração ao pé da boca = Pessoa que diz o que pensa sem rodeios
Tirar a fala a alguém = Cortar relações
Tirar despiques =Pedir explicações pessoalmente
Tirou a sortes = Mancebo que foi à inspecção militar
Tomara que = Quem me dera que
Travaram-se de razões = Discutiram

U

Uma data deles/Uma carrada deles = Muitos

V

Vai à roda de = Vai à volta de
Vai badamerda = Vai à merda
Vai de rojo = Vai de rasto
Vai de atravesso = vai de lado/pingado
Vai gaspiado = Vai com muita pressa
Vai levar nas nalgas, anilha, pêda, cu = Agressão verbal a alguém
Vou-me assacudindo = Vou-me embora
Veia da urina = Uretra
Vento suão = Vento do Sul
Verter águas = urinar

8 COMENTÁRIOS

  1. meus pais sao portugueses do algarve e eu conheço portugal e conheço bem o alentejo ,mas quantas expressões eu nao conhecia,amigos,se colocassem aqui no brasil,os brasileiros nao responderiam nenhuma,amigos,so mesmo no alentejo,um grande abraço amigos alentejanos, toplus amizades mundiais ,a top de cultura do brasil mjuito vista em portugal[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[[

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here