Início Histórias 11 segredos estranhos sobre a Lua que talvez desconheça

11 segredos estranhos sobre a Lua que talvez desconheça

Terremotos, poeira letal, o efeito lunar sobre o nosso sono e o magnetismo são apenas alguns dos mistérios mal explicados da nossa lua.

1751
COMPARTILHE

_

4 – A Lua é um cemitério

Eugene “Gene” Shoemaker, um famoso astrónomo e geólogo, foi uma espécie de lenda no seu campo de atuação. Foi ele quem desenvolveu a pesquisa de impactos cósmicos e criou os métodos e as técnicas que os astronautas da Apollo usaram para estudar a Lua. O próprio cientista desejava ser um viajante espacial, mas foi recusado por um pequeno problema de saúde.

Sabendo que essa foi a maior deceção da vida de Shoemaker, após a sua morte, a NASA realizou um de seus maiores desejos e enviou as suas cinzas no Lunar Prospector, em 1998. Os restos mortais do investigador continuam lá até hoje, espalhados no meio da poeira lunar.

5 – Anomalias

Algumas das fotos tiradas por vários veículos que a visitaram mostram coisas bastante esquisitas na superfície da Lua. Muitas dessas imagens parecem exibir objetos artificiais que variam de pequenas formas similares a latas e tambores até coisas como o “Fragmento”, uma enorme estrutura que tem no mínimo 1,6 km de altura.

De acordo com entusiastas do paranormal, há até mesmo um grande castelo suspenso muito acima da superfície da Lua, indicando uma civilização avançada que viveu no satélite e que teria construído tais estruturas. A NASA nunca se deu ao trabalho de desmentir essas teorias, mas é muito provável que isso se deva ao facto das imagens que mostram esses “indícios de vida” tenham sido montadas pelos teóricos de conspiração.

6 – Pó lunar

Um dos perigos mais surpreendentes do nosso satélite é a sua poeira. Assim como a areia da terra, a substância do corpo celeste entra em todos os lugares imagináveis, com a agravante de ser fina como a farinha, extremamente áspera e, graças a essa textura e à baixa gravidade, colar-se a tudo, praticamente.

A NASA já passou por muitos problemas causados pelo pó da Lua, que abriu buracos nas botas de astronautas, bloqueou os seus visores, entrou com as roupas espaciais nas naves e causou febre em quem a inalou. Acredita-se que uma exposição prolongada poderia causar falhas no isolamento do ar e até danificar os fatos de exploração do espaço. E no caso de ter ficado a imaginar, sim, a poeira tem o cheiro a pólvora usada.

(cont.)

1
2
3
4
COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here