Início Cultura 10 erros de português que acabam com a sua credibilidade

10 erros de português que acabam com a sua credibilidade

A forma como escrevemos tem um impacto fundamental na nossa credibilidade. Nunca é tarde para aprender: 10 erros de português que podem afetar a sua imagem.

9189

_

6. “Gratuítamente” / gratuitamente

Os advérbios de modo terminados em “mente” não levam acento. E não há exceções. Portanto, obrigatoriamente, gratuitamente, rapidamente, acentuadamente, facilmente, felizmente, etc. nunca são acentuados. Fácil.

7. ás / às

É comum sermos informados que o melhor horário para a reunião é das 14h “ás” 15h00 ou vermos num site de um restaurante que está aberto das 19h00 “ás” 23h00. “Ás” com acento agudo está relacionado com o universo do jogo (ás de espadas, p. ex.) ou pode ser usado para designar alguém que é muito bom em determinada atividade. Quando nos referimos a espaço ou tempo o acento deve ser grave (às).

Exemplo: Temos reunião das 14h00 às 15h00. Portanto, em horários o acento é sempre grave.

8. “Contatos” / Contactos

Quando visito um site português que tem o item de menu de contactos sem “c” fico logo nervosa. Em Portugal, apesar do acordo ortográfico, contactos mantém o “c”, dado que pronunciamos essa consoante.

9. “Fãn”

Este erro tornou-se muito comum com as redes sociais. As páginas têm fãs e eu posso ser  de alguém ou de alguma coisa. As palavras fãn e fãns não existem. “Fan” e “fans” (sem acento) são palavras em inglês.

10. Fala-se / Falasse

Mais um erro que povoa os chats nas redes sociais, mas infelizmente salta para sites, emails e posts de marcas. Fala-se é uma forma do presente do indicativo e refere-se a uma ação real. Falasse é uma forma do imperfeito do conjuntivo e designa uma ação provável.

Exemplo: Hoje fala-se muito de política, mas gostaria que se falasse mais de economia.

Um truque dos professores de português para não errar: construir a frase na negativa: “Hoje não se fala muito de política. Gostaria que não se falasse de economia”. Se o “se” muda de lugar, significa que é separado por hífen.

E desse lado, como é a sua relação com o português? Há erros que não desculpa?

Originalmente publicado em www.elsafernandes.com

14 COMENTÁRIOS

  1. Relativamente ao ponto 4 discordo por ambos os vocábulos serem sinonimos.

    Sobre o ponto 5 há que resalvar o uso com o mesmo significado na região de Lisboa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.