Início Pessoas 10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

10 comidas que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades

Quem emigra deixa para trás a nossa gastronomia, com todos os pratos que a caracterizam. As 10 comidas de que uma emigrante Portuguesa mais tem saudades.

1127
COMPARTILHE

_

1. Bacalhau

Mais cedo ou mais tarde, quando vivemos no estrangeiro lá chega a pergunta do que se come em Portugal. Quase por instinto respondemos bacalhau. Bacalhau? Sim, mas do seco. Seco? Sim, é pescado, salgado e seco.

E nós comemos toneladas do dito por ano. E há 1001 maneiras de o cozinhar(normalmente deixamos de fora que 90% destas incluem variações de cebola, batata e bacalhau em diversas proporções e ordens).

Mas produzem bacalhau? Não, vem da Noruega… O quê? Mas comem o peixe seco? Não. Demolhamos… mas porque é que não comem o fresco? Ora bem, por esta altura já estamos a desistir da conversa que nos deu fome e uma imensa vontade de um Bacalhau à lagareiro.

Pois vos digo. No estrangeiro é difícil, se não impossível de encontrar o bacalhau e as saudades são mais do que muitas. Que o digam alguns emigrantes que quando encontram bacalhau, se sentem como se tivessem encontrado um filão de ouro. “Pessoal, no Gourmet-ali-da-esquina vendem uma posta por 25 dólares”.

E não é que damos por nós a pensar que 25 dólares até é razoável para tão gostosa aquisição. E depois, até se podem comer pataniscas…

A Filó é professora e investigadora em Economia e a sua profissão já a levou a viver em vários países da Europa. Neste momento vive nos Estados Unidos onde se dedica a analisar jogos aplicados à economia.

A escrita faz parte da sua vida através de blogues, que intermitentemente atualiza, e dos seus artigos académicos. O tempo máximo que consegue estar longe de Portugal e da sua gastronomia são dois meses. Afirma que a partir daí a abstinência do bacalhau lhe traz urticária e que não tem outro remédio senão voltar ao nosso cantinho para um regime de bacalhau, pastel de nata e vinho do Porto!

Autora: Filó
Fonte: em10taque.com
_

2 COMENTÁRIOS

  1. Num site de cultura é intolerável um título tão mal escrito e um texto com tantos “defeitos” de escrita.
    Vou continuar com atenção. Muita.

  2. Sò uma precisao: em italiano “marmellata” sò se usa para os citrinos (laranja, limao, tangerina, …).
    Para toda a outra fruta fala-se de “confettura”. E a marmelada é “cotognata”, o marmelo “mela cotogna”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here