Início Opinião 10 características do português comum

10 características do português comum

Realmente há certas coisas que me irritam no comportamento de alguns de nós. Convido-vos a conhecer… as 10 características do Português comum.

3554
COMPARTILHE
10 características do português comum
10 características do português comum

10 características do português comum

Realmente há certas coisas que me irritam no comportamento de alguns de nós. Convido-vos a conhecer… as 10 características do Português comum.

O português tem um dom, sabe qual é? O dom de ser chico-esperto!

Porque estarei eu a dizer isto? Falando um pouco ao modo do “Vida Selvagem”, se observarmos com alguma atenção os comportamentos desta espécie, vamos conseguir, rapidamente, enumerar algumas características comuns a todos. Pois bem, essa lista chegou ao “Ideias e Opiniões”. Se se identificar com algum dos pontos, parabéns, é português a 100%.

Se, por outro lado, não se identifica com nenhuma característica, vá confirmar ao seu cartão de cidadão se realmente é português.

Mas, brincadeiras à parte, realmente há certas coisas que me irritam no comportamento de alguns de nós. Convido-vos a conhecer… as 10 características do Português comum!

1 – UTILIZA O LUGAR DOS DEFICIENTES COMO OUTRO QUALQUER.  

10 características do português comum
10 características do português comum

Quando chega a hora de estacionar, o tuga só não entra com o carro dentro das lojas porque não pode. Então, de repente parece que somos todos deficientes, porque não serve de nada esses lugares reservados estarem assinalados.

2 – CONTAR OS TROCOS QUE TENHO NA CARTEIRA? O QUÊ? ISSO DÁ MUITO TRABALHO.

10 características do português comum
10 características do português comum

Chega a hora de pagar, o tuga até abre a carteira, mas tem tanta moeda, ou “cascalho” como gosta de lhe chamar, e são tantas moedas “pretas” que dá muito trabalho contar.

Ele até pode ter o valor da compra trocado, mas saca logo da maior nota que tiver na algibeira. Se o vendedor perguntar se tem trocos, ele diz que não tem, mesmo que o som que as moedas façam na carteira o denuncie.

3 – NÃO GOSTA DE ESPERAR. 5 MINUTOS SÃO MEIA-HORA.

10 características do português comum
10 características do português comum

Acabou de entrar na loja, está uma pessoa à sua frente. Passaram dois minutos e já está a “bufar” e solta a típica frase “já estou aqui há meia hora…”. Eu não sei onde é que os tugas compram os relógios, mas cheira-me que andam mais depressa do que o meu.

4 – CUMPRIR HORÁRIOS NÃO É COM ELE.

10 características do português comum
10 características do português comum

“Então combinamos para que horas? Às 18h, que é para apareceres às 18h30”. Portanto, a malta já faz o desconto a contar com os atrasos. Está certo, e quem se liga é aquela pessoa que é sempre pontual.

E depois acontecem coisas que não lembram a ninguém… No dia em que o senhor pontual pensa “se chegar uns dez minutos depois tenho a certeza que vou ser o primeiro a chegar na mesma” e, nesse dia, os outros decidiram ser pontuais. Ele há coisas…

5 – PASSAR NA PASSADEIRA É PARA MENINOS.

10 características do português comum
10 características do português comum

A passadeira está apenas a uns metros, mas o tuga gosta de viver no limite, então mesmo que aviste um carro ao fundo, dá aquela “corridinha” e depois fica chateado porque levou uma “apitadela”. Está certo…

(cont.)

1
2
COMPARTILHE

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois é! É mesmo “tuga”. “Quando é que é para entregar o trabalho ?” (Ou “quando é para entregar o trabalho ?” Apesar de não muito correcto, sempre é melhor português) E se esse/a redactor/a da “ncultura” aprendesse a escrever em Português ? “Quando é que é que é …” Podia continuar “ad infinitum”, como aquelas cantarolas de algumas das nossas “ilustres” cantadeiras que com uma palavra apenas fazem uma cantigueta. Com refrão e tudo. Pois é ilustre redactor/a de “ncultura”, sei que isso já é quase viral e de obediência obrigatória para as pobres “madames-bem” de “Lisvóa”, mas, por favor, vocês têm alguma responsabilidade na conservação da boa escrita, do bom português. Não queiram imitar algumas das nossas “jornalistas/apresentadeiras” das nossas televisões que mostram à evidência o seu desprezo pelo falar bem português. Não conseguem dizer “o que” sem repetir uma ou duas vezes seguidas. Mas o que é que é, que é que é, que é que é que elas poderão fazer, se o que é que é que é que é que elas dizem se calhar já o aprenderam assim ?

  2. Boa, Margarida. Senso de humor tambem não falta aos portugueses. Alias, é essencial porque se levarmos a vida a sério demais estamos fritos. Viva Portugal!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here